GUIA COMERCIAL

Internet

Se a internet já era um campo vasto para ataques de cibercriminosos quando tínhamos apenas computadores de mesa e notebooks, esse espectro cresceu com os smartphones e tablets. Agora com o vindouro crescimento da chamada "internet das coisas" -roupas, móveis e outros objetos do cotidiano ligados em rede- as chances de invasões serão ainda maiores e preocupantes. Atualmente, as empresas continuam sendo o principal alvo. Segundo relatório do Instituto Ponemon para a HP, em 2015 ocorreram mais de 1.900 ataques a 252 empresas de sete países: EUA, Reino Unido, Alemanha, Austrália, Japão, Rússia e Brasil. Isso levou a uma perda média anual de US$ 7,7 milhões. Só no Brasil, as perdas foram de US$ 3,3 milhões, deixando-o em quinto lugar dentre as sete nações pesquisadas. Os EUA foram os mais afetados, com prejuízo de US$ 15,42 milhões.

Notícias Recentes

Trânsito

Trânsito

Prefeito assina parceria com Governo do Estado para viabilizar melhorias viárias

Parada de Natal

Parada de Natal

Parada de Natal reúne mais de 50 mil pessoas nas duas apresentações no Parque Ecológico

FIEC

FIEC

Léia Muneratti é eleita pelos colegas da Fiec com o título de funcionária padrão 2017

Núcleo Esportivo

Núcleo Esportivo

Prefeitura inicia construção de Núcleo Esportivo no Jardim Morada do Sol

Esporte

Esporte

Prefeitura reinaugura Pista de Skate do Parque Ecológico no dia 03 de dezembro

Parada de Natal

Parada de Natal

Parada de Natal acontece no Pq. Ecológico nos sábados 02 e 09 de dezembro