GUIA COMERCIAL

Internet

Se a internet já era um campo vasto para ataques de cibercriminosos quando tínhamos apenas computadores de mesa e notebooks, esse espectro cresceu com os smartphones e tablets. Agora com o vindouro crescimento da chamada "internet das coisas" -roupas, móveis e outros objetos do cotidiano ligados em rede- as chances de invasões serão ainda maiores e preocupantes. Atualmente, as empresas continuam sendo o principal alvo. Segundo relatório do Instituto Ponemon para a HP, em 2015 ocorreram mais de 1.900 ataques a 252 empresas de sete países: EUA, Reino Unido, Alemanha, Austrália, Japão, Rússia e Brasil. Isso levou a uma perda média anual de US$ 7,7 milhões. Só no Brasil, as perdas foram de US$ 3,3 milhões, deixando-o em quinto lugar dentre as sete nações pesquisadas. Os EUA foram os mais afetados, com prejuízo de US$ 15,42 milhões.

Notícias Recentes

Cata Bagulho

Cata Bagulho

Secretaria de Urbanismo divulga programação de 2018 da Operação Cata Bagulho

Transito

Transito

Prefeitura reformula semáforo no final da Marginal Direita do Parque Ecológico

Cultura

Cultura

Projeto da Cultura Auê no Ayê continua com as apresentações até 4 de março

Carnaval

Carnaval

Prefeitura promove Carnaval com atrações gratuitas no Parque e Praça Prudente

Saúde

Saúde

Prefeito solicita ao Estado reforço na imunização contra a Febre Amarela

Fiec

Fiec

Presidente do Inep prestigia a nova loja da Fiec no Polo Shopping Indaiatuba