GUIA COMERCIAL

Dengue

A Prefeitura de Indaiatuba, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e Programa de Controle de Dengue em parceria com a EPTV, promoveu dia 30 de janeiro, às 8h às 12h, 1º Mutirão Regional de Combate ao Aedes Aegypti. Em Indaiatuba, apesar da chuva da manhã, ocorreram duas ações uma Caminhada com tema "Indaiatuba contra o Mosquito" com a saída dos participantes do Parque Temático (nas proximidades do Jardim Monte Verde) até a UPA e um mutirão de limpeza no Jardim Morada do Sol, nas proximidades do Floresta Parque próximo ao Condomínio Cocais II e foram retirados dois caminhões, com 336 sacos de 100 litros de criadouros do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika Vírus. Participaram do evento o secretário de Saúde José Roberto Stefani, o superintendente do SAAE Nilson Alcides Gaspar, os vereadores Massao Kanesaki e Hélio Ribeiro, o presidente do CMS Luiz Medeiros, profissionais de Saúde e população. O secretário de Saúde de Indaiatuba, José Roberto Stefani, pediu a colaboração de todos no combate ao mosquito Aedes Aegypti. "Somos todos responsáveis e devemos combater este mosquito. 80% dos criadouros estão em nossos quintais. Peço ajuda e colaboração de todos nesta guerra contra o mosquito". José Roberto enfatizou a necessidade de mobilizar toda a nossa sociedade. "Todos nós temos que fazer a nossa parte para combater o Aedes aegypti e evitar os sofrimentos causados pela Dengue, Zica Vírus e Febre Chikungunya. Ainda há tempo para evitar uma epidemia na nossa cidade, todos devem colaborar. Faço um apelo à toda população para que diariamente vistorie a sua casa em busca de criadouros do mosquito Aedes aegypti". Mutirão no Jardim Morada do Sol Após a caminhada, os profissionais do Programa de Controle da Dengue da Secretaria de Saúde foram para o Jardim Morada do Sol para a realização do mutirão. A área escolhida foi a região do Floresta Parque, na Rua Martinho Lutero, em frente ao número 1.624, no estacionamento lateral ao lado do Condomínio Cocais II, devido ao alto índice de casos positivos no bairro em 2015. Trabalharam no evento, 120 funcionários que percorreram sete mil imóveis aproximadamente, 102 quarteirões em 23 ruas com uma população de 24 mil pessoas em quatro horas de trabalho. Foram recolhidos 336 sacos de criadouros de 100 quilos. A ação contou com o trabalho de 13 voluntários do Grupo Regaste de Indaiatuba. Em 2016, Indaiatuba tem um caso autóctone confirmado da doença, cinco importado residente 32 aguardando resultado.

Notícias Recentes

Passe Bolsa

Passe Bolsa

Formulário do Passe Bolsa já pode ser retirado na Prefeitura

Oficinas Culturais

Oficinas Culturais

Inscrições para as Oficinas Culturais gratuitas acontecem no dia 28 de janeiro

Cultura

Cultura

Cultura abre inscrições para os artistas locais participarem do 26º Maio Musical

Cras

Cras

Cras do Oliveira Camargo realiza programação de férias para as crianças

Crasjovem

Crasjovem

Prefeitura abre inscrições para adolescentes de 15 a 17 anos participarem do Crasjovem

Saúde

Saúde

Projeto 100% saúde ganhará o quarto polo de atividades em fevereiro de 2018