PIB de Indaiatuba dispara em 2013 e sobe 12,9% em comparação com o ano anterior | Guia de Indaia
GUIA COMERCIAL

PIB

A Prefeitura de Indaiatuba por meio da Secretaria de Desenvolvimento divulga o valor do PIB (Produto Interno Bruto) e PIB per capita a Preços Correntes consolidado da cidade relativo ao ano de 2013. De acordo com a Fundação Seade (Sistema Estadual de Análise de Dados) o município avançou 12,9% e acumulou o valor de R$10.303.802.000,00 e o PIB Per capita ficou em R$47.776 com uma elevação de 10,3% comparando com o ano anterior. Em 2012 o PIB de Indaiatuba foi de R$9.125.781.000,00 e o PIB Per capta foi de R$43.313,00. O PIB é o total dos bens e serviços produzidos pelas unidades produtoras, ou seja, a soma dos valores adicionados acrescida dos impostos, divulgado pela Seade sempre com a defasagem de dois anos. A Participação de Indaiatuba no PIB do Estado de São Paulo em 2013 foi de 0,603189%. Em comparação com a RMC (Região Metropolitana de Campinas) o município ocupa a 4ª colocação ficando à frente as cidades: Campinas, Paulínia e Sumaré. Naquele ano Indaiatuba recebeu 38 novas industrias gerando 573 empregos diretos. As principais que chegaram ao município foram: Bioactive Biomateriais S.A; Kion Soth America e Saertex Tecidos. No total o município tinha 751 indústrias; 3.475 comércios e 5.353 prestadores de serviços. Metodologia A metodologia aplicada com referência 2010 dá continuidade ao projeto de implantação do Sistema de Contas Nacionais - referência 2010. A nova série permitiu a atualização de classificações e conceitos, incorporação de novas fontes de dados e a definição de novas estruturas de referência. A implantação da série referência 2010, em substituição à série referência 2002, foi facilitada pela manutenção dos marcos de referência dos valores correntes, as pesquisas econômicas estruturais anuais do IBGE (Pesquisa Industrial Anual - Empresa, PIA Empresa, a Pesquisa Anual da Indústria da Construção - PAIC, a Pesquisa Anual de Comércio - PAC e a Pesquisa Anual de Serviços - PAS). Entretanto, em relação à série anterior, destacaram-se as seguintes mudanças: Adoção de nova classificação de atividades integradas com a Classificação de Atividades Econômicas - CNAE 2.0; Introdução dos resultados do Censo Agropecuário de 2006, da Pesquisa de Orçamentos Familiares de 2008/2009 e da Pesquisa de Inovação (PINTEC) de 2011; Utilização dos dados da declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (DIPF); Utilização dos dados do Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos - SIAPE; Aperfeiçoamentos metodológicos: revisão do método de estimação do aluguel imputado, e reclassificação da Contribuição ao Programa de Integração Social (PIS); Adoção das recomendações e modificações do manual internacional de Contas Nacionais das Nações Unidas, System of National Accounts SNA 2008, em substituição à versão anterior de 1993 e Implantação do Sistema Integrado de Contas Regionais - SICOR que permite administrar a base dados do sistema com maior segurança.

Notícias Recentes

Festival de Arte e Dança

Festival de Arte e Dança

Público lota o Festival de Arte e Dança da Secretaria de Educação

Festival de MPB

Festival de MPB

Guto Hueb é o vencedor do Festival de MPB promovido pela Secretaria de Cultura

Federados Moto Clube

Federados Moto Clube

Federados Moto Clube realiza doação de 1500 peças de roupas e agasalhos para campanha do Funsso

Orquestra Sinfônica

Orquestra Sinfônica

Público prestigia as duas sessões de apresentação da Orquestra Sinfônica de Indaiatuba

Cyber Security

Cyber Security

Fiec realiza o primeiro curso extracurricular de formação em Cyber Security

Sistema Deiss Web

Sistema Deiss Web

Prefeitura realiza palestra sobre alterações do Sistema Deiss Web