Amamentação tranquila: nada de dor, rachaduras ou leite empedrado | Guia de Indaia
GUIA COMERCIAL

Amamentação

Os benefícios do aleitamento são muitos — tanto para a mãe quanto para o recém nascido. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), bebês de até seis meses não precisam de nenhum complemento na dieta, pois o leite é um alimento completo. Graças a ele os pequenos matam a fome e a sede, recebem uma dose extra de anticorpos (agentes protetores e formadores do sistema imunológico) e ficam menos vulneráveis a doenças crônicas e infecciosas. Já as mamães emagrecem com maior facilidade e previnem o câncer de mama e do colo do útero — sem falar que o órgão volta ao tamanho normal mais rápido e o sangramento típico do pós-parto diminui. Além disso, a amamentação cria um laço afetivo único entre a mulher e a criança. A prática, no entanto, não é um mar de rosas para todas as mães. Apesar de os hormônios fortalecerem a pele do bico dos seios naturalmente enquanto o leite se forma, experiências de dor, febre, falta de leite, rachaduras e até sangramento são frequentes. Aprenda a contornar esses imprevistos com as dicas dos obstetras Domingos Mantelli e Cristina Carneiro, ambos de São Paulo. Para manter o bico saudável • “Desde o início da gestação, no banho, lave os mamilos com bucha vegetal para engrossar a pele da região”, diz Cristina. • Durante toda a gravidez, use conchas de base rígida e furo central (por uma hora) para deixar o bico mais protuberante e facilitar a pegada do bebê. • “Ao amamentar, posicione o nenê de frente para a mama, com o rosto voltado para o seu corpo. Assim, ele abocanha todo o bico”, ensina Domingos. • Quando a criança parar de sugar, retire-a para que ela não mastigue o bico nem o use como chupeta. • “Exponha as mamas ao sol por 15 minutos diários ou a uma lâmpada incandescente de 40 watts a uma distância de 40 cm”, indica Domingos. Isso ajuda na cicatrização e no fortalecimento da pele. • “Entre as mamadas, lambuze o bico do seio com o próprio leite materno. É cicatrizante e bactericida”, garante Cristina. •Se sentir inchaço ou desconforto no bico, faça compressas com um sachê frio e úmido de chá de camomila. • Caso aparecerem rachaduras, cubra a área com a parte interna da casca do mamão papaya — um cicatrizante natural. Leite sem pedras • O melhor estímulo para a descida do leite é a sugada do bebê. Incentive-o a pegar o peito, mesmo que seja difícil no começo. • Ofereça os dois seios e, na mamada seguinte, comece pelo lado onde ele terminou a última refeição. • Se o nenê não sugar todo o leite, retire o excesso com uma bombinha, conforme orientação médica. • Além de manter uma alimentação rica em frutas, verduras e legumes, é preciso consumir muito líquido — de 2 a 4 litros todos os dias. • Fuja dos sutiãs apertados ou com recortes, que podem comprimir os dutos mamários e empedrar o leite. • Falta alimento para o seu filho? Compressas quentes estimulam a produção. Tem leite demais? Faça compressas frias para aliviar o inchaço e o calor.

Notícias Recentes

Transito

Transito

Prefeitura instala semáforo no cruzamento das ruas Soldado João com Nagib Ibrahim

Esportes

Esportes

Tetracampeã brasileira de BMX, Priscilla Stevaux, leva título nos Jogos Abertos

Esportes

Esportes

Atleta de Indaiatuba é campeão no Mountain Bike XCO nos Jogos Abertos

Esportes

Esportes

Natação é vice-campeã no masculino e 3º no feminino nos Jogos Abertos

Pedágio

Pedágio

Prefeito reúne imprensa para esclarecer questão de isenção de pedágio

Prática de Pilotagem

Prática de Pilotagem

Mais um grupo de servidores recebe capacitação de Prática de Pilotagem na Honda