GUIA COMERCIAL

IPTU

A Prefeitura de Indaiatuba por meio da Secretaria Municipal da Fazenda está realizando o recadastramento de aposentados e pensionistas que usufruem de desconto no IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e orienta sobre o funcionamento do atendimento no Paço Municipal. Os beneficiados receberão uma carta com a data e horário de atendimento, de acordo com o assessor da Secretaria da Fazenda Acássio Carlos da Silva, essas informações devem ser expressamente seguidas. O período de recadastramento iniciou dia 21 de janeiro e segue até 22 de março. O procedimento atende às determinações da Lei 4890/2006 e do Código Tributário Municipal. Cerca de quatro mil contribuintes que possuem o benefício já estão sendo convocados por carta a comparecer em data e horário pré-agendados ao Departamento de Rendas Imobiliárias (Derim) na Prefeitura. “É importante ressaltar que os aposentados e pensionistas devem aguardar a correspondência chegar pelos Correios e ficar atendo no dia e hora que foi agendado o atendimento, assim podemos atender de forma mais organizada todos os contribuintes beneficiados”, explica Silva. Para ajudar no atendimento a Secretaria da Fazenda pede para levar cópia atual dos comprovantes de rendimentos do aposentado ou pensionista (INSS, aluguéis e Declarações de Imposto de Renda com recibo de entrega do último exercício) inclusive do cônjuge, quando houve e o formulário que foi enviado pelo Correio preenchido e assinado. Caso o aposentado esteja impedido de comparecer pessoalmente na data marcada, pode entregar a documentação e o requerimento assinado via portador. Informações (19) 3834-9112. Descontos Para obter desconto de 50% no IPTU, o aposentado ou pensionista deve possuir apenas um imóvel residencial e morar nele. A soma de seus rendimentos (incluindo cônjuge) deve ser de até 3 salários mínimos (atualmente, R$ 2.034,00). Já o desconto de 20% é concedido aos aposentados que possuem até dois imóveis, sendo que aquele que receberá o benefício deve ser residencial e moradia do contribuinte, e a soma dos rendimentos não deve ultrapassar 5 salários mínimos (R$ 3.390,00). Os documentos para a solicitação são: - Cópia do extrato atual de rendimentos onde conste nome e valor com o número do benefício correspondente quando for proveniente do INSS, sendo o mesmo para cônjuge ou companheiro. Na situação de trabalho ativo de uma das partes constantes no requerimento, deve-se apresentar também cópia do demonstrativo de pagamento; - Se o carnê de IPTU não estiver em nome do requerente, anexar cópia de documentação para atualização de dados e/ou justificativa do pedido (por exemplo, escritura de venda e compra, certidão de óbito, escritura de usufruto, entre outros); - Se o requerente, cônjuge ou companheiro tiverem declarado imposto de renda no exercício de 2013, ano-calendário 2012, apresentar cópia completa da referida declaração com comprovante de entrega. Em caso de alguma cota de participação em empresa, apresentar declaração de pró-labore ou de situação de inatividade pelos órgãos competentes; - Poderá ainda ser exigido do requerente quaisquer documentos complementares para análise do pedido.

Notícias Recentes

Cata Bagulho

Cata Bagulho

Secretaria de Urbanismo divulga programação de 2018 da Operação Cata Bagulho

Transito

Transito

Prefeitura reformula semáforo no final da Marginal Direita do Parque Ecológico

Cultura

Cultura

Projeto da Cultura Auê no Ayê continua com as apresentações até 4 de março

Carnaval

Carnaval

Prefeitura promove Carnaval com atrações gratuitas no Parque e Praça Prudente

Saúde

Saúde

Prefeito solicita ao Estado reforço na imunização contra a Febre Amarela

Fiec

Fiec

Presidente do Inep prestigia a nova loja da Fiec no Polo Shopping Indaiatuba