Posto do Trabalhador aponta novas vagas em Indaiatuba | Guia de Indaia
GUIA COMERCIAL

Empregos

A Prefeitura de Indaiatuba por meio do Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT), vinculado à Secretaria de Desenvolvimento divulga na quinta-feira (10) as vagas de emprego disponíveis em Indaiatuba por meio do programa Mais Emprego. Os interessados em concorrer a alguma das vagas, devem fazer o cadastro pessoalmente no PAT, localizado na rua Jacob Lyra, 344, no Parque das Nações. Os documentos necessários são RG, CPF, Carteira Profissional e Cartão Cidadão. O cadastro também pode ser feito pelo site do programa Mais Emprego [maisemprego.mte.gov.br]. O PAT é uma parceria com o Governo do Estado de São Paulo coordenado pela SERT que faz intermediação entre empresas que precisam de mão de obra e profissionais que procuram emprego. Além disso, o posto presta serviços de inscrição para o seguro-desemprego, emissão da carteira de trabalho, inscrição para o Programa Estadual de Qualificação Profissional (PEQ) e para o Programa de Apoio à Pessoa com Deficiência (Padef). Todos os serviços são gratuitos. VAGAS DISPONÍVEIS Açougueiro Ajudante de cozinha Assistente de vendas Atendente de balcão Atendente de farmácia Auxiliar de Limpeza Auxiliar de Limpeza Chapeiro Cozinheiro Eletricista Garçom Mensageiro Motoboy Oficial de serviços gerais Operador de Caixa Operador de supermercado Porteiro Repositor de mercadoria Vigilante

Notícias Recentes

Saúde

Saúde

Ministério da Saúde lança serviço de combate à Fake News

Caminho da Luz

Caminho da Luz

Prefeitura inicia urbanização de área de lazer localizada no Caminho da Luz

Treinamento

Treinamento

Treinamento de Atendimento Pré-Hospitalar para Central de Ambulâncias é concluído

Coletivo Urbano

Coletivo Urbano

Linha 328 começa a operar nos finais de semana e feriados a partir do dia 1º de setembro

Esportes

Esportes

Prefeitura inicia construção de Half Pipe na Pista de Skate do Parque Ecológico

Legião da Boa Vontade

Legião da Boa Vontade

LBV entrega cestas de alimentos a milhares de famílias que sofrem com a seca no país