Conselho de Saúde aprova credenciamento de Diálise Ambulatorial no Haoc | Guia de Indaia
GUIA COMERCIAL

SAÚDE

O Conselho Municipal de Saúde de Indaiatuba realizou dia 29 de janeiro, no Plenário José Soliani da Câmara Municipal, a primeira reunião ordinária de 2014. O presidente (CMS) Luiz Carlos Medeiros de Paula comandou a mesa onde foram tratados de diversos assuntos. Entre os temas da pauta foi aprovado o 10º Termo Aditivo do Haoc 2014, que trata do credenciamento do serviço de Diálise Ambulatorial no Hospital Augusto de Oliveira Camargo para os pacientes do Sistema Único de Saúde. O valor é R$ 200.000,00 por mês. Também estavam em pauta os seguintes assuntos: a aprovação das atas das reuniões anteriores; apresentação da ampliação e reforma do serviço do laboratório municipal de análise; apresentação do projeto de construção da Unidade Básica de Saúde II- Cecap (Vila Brigadeiro Faria Lima) e redistribuição do atendimento da população e formação das Comissão Gestora da APAE e a deliberação da comissão gestora da Cist (Comissão Interesetorial da Saúde do Trabalhador). HEMODIALISE A médica auditora da Unidade de Auditoria e Controle (UAC) da Secretaria de Saúde, Maria Lucia Feitosa de Lima, explicou que o valor a ser pago pelo município, com recursos do repasse da Secretaria Estadual de Saúde, tem o valor estimado para o período de sete meses em R$ 1,4 milhão, sendo R$ 193.352,40 para o atendimento de 80 pacientes moradores de Indaiatuba em Programa de Nefrologia da Alta complexidade, e o limite de R$ 6.647,60 para os procedimentos de confecções de fístulas arterio-venosa. Maria Lúcia explicou que após 10 anos, os técnicos da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo informaram que contrato com a clínica Thompson não seria renovado, e sugeriram ao gestor municipal para que assumisse o serviço. "Então o Haoc que possui a estrutura física e Dialisa Serviços Médicos Ltda, que atende cinco municípios da região de Campinas se uniram e estão preparados para atender nossos pacientes. Em 15 dias o serviço se organizou para atenderem três períodos. Enquanto o serviço não estava funcionando, os pacientes foram atendidos em Sumaré", relata. O espaço da clínica possui um ambulatório com uma sala de uma sala de cirurgias, dois consultórios, uma clinica especializada, 20 máquinas de terapia renal, 15 máquinas em uso, cinco reservas, três turnos e 80 pacientes. Além de oferecer 160 consultas e acompanhamentos de terapias de âmbito ambulatorial. LABORATÓRIO MUNICIPAL Outro assunto da pauta foi a apresentação do término da reforma do Laboratório Municipal feito pela coordenadora do Laboratório Municipal, Ana Claudia C. Cavalli. A reforma da área dos exames de microbiologia foi concluída na semana passada e os exames já voltaram a ser processados. Ana Cláudia explicou que atualmente o laboratório tem uma equipe composta com 16 pessoas. Em 2013 foram realizados uma média de 90 mil procedimentos por mês. Foram implantados em 2012, 104 tipos de exames e em 2013, 135, com um total de 29,8% de novos procedimentos. Foram disponibilizados exames como Lipase (exame que detecta problemas no pâncreas), Toxo Avidez (toxoplasmose), Mioglobina, Fibrinogenio de Clauss (distúrbios relacionados ao plasma sanguíneo), Insulina, Lítio (verificar problemas bipolar) entre outros. A coordenadora explicou que o município tem dois laboratórios de referência, o Adolfo Lutz e Indalab. Também é feito o controle de qualidade interno e controle da qualidade externo com teste de proficiência Inter Laboratoriais do Adolfo Lutz. UBS CECAP A enfermeira e coordenadora da Atenção Básica, Fatima Maia explicou ao Conselho de Saúde sobre a construção da nova Unidade Básica de Saúde (UBS) da Vila Brigadeiro Faria Lima (Cecap), e informou que desde segunda-feira, 27, os pacientes já estão sendo atendidos na nova UBS XI - João Pioli, construída na avenida Manoel Ruz Peres, ao lado do terminal de ônibus urbano do João Pioli. O novo prédio possui 527,21 m² de área construída, distribuídos em sete consultórios; salas de pré-consulta; vacina; procedimentos; inalação; observação e de assistente social. A UBS conta ainda com salas de odontologia; sala de reuniões; de administração; de espera adulta e infantil; recepção; arquivo; dispensário medicamentos; materiais; esterilização; expurgo; almoxarifado; refeitório; copa; sanitários e vestiários e área de serviços. A UBS XI está atendendo parte dos pacientes do João Pioli, Lauro Bueno de Camargo e os usuários dos bairros Cecap I, Cecap II, Cecap III, Jardins Adriana, Rêmulo Zoppi, Nely, Pompéia, Regina, Monte Verde, Jardim do Vale I, Jardim do Valle II, Jardim Recanto do Vale, Jardim Alice, Jardim Bom Princípio, São Francisco, Renata, Vila São José, Parque das Nações, Jardim Portal do Sol, Residencial Vila das Palmeiras e Residencial da Lagoa. Fátima Maia explicou que a UBS da Cecap tem 60 mil prontuários ativos e que serão atendidos no João Pioli. "Há alguns casos que os pacientes serão atendidos na UBS Central e no Jardim Califórnia. "Os profissionais da Prefeitura estão fazendo a retirada de materiais e equipamentos elétricos e móveis da Cecap e a demolição está programada para iniciar no dia 3 de fevereiro", informa.

Notícias Recentes

Prática de Pilotagem

Prática de Pilotagem

Mais um grupo de servidores recebe capacitação de Prática de Pilotagem na Honda

Catálogo das Indústrias 2019

Catálogo das Indústrias 2019

Prefeitura abre período de inscrições para o Catálogo das Indústrias 2019

Defesa Civil

Defesa Civil

Defesa Civil realiza capacitação de brigadistas em empresa no Distrito

Esportes

Esportes

Tornados Indaiatuba é bicampeão da Taça Tupi de Rugby

Esportes

Esportes

Equipe de futsal Sub-9 da ADI é campeã do Estadual Série Prata A1

Educação

Educação

Prêmio Professores do Brasil 2018