Indaiatuba recebe Conselho Regional de Educação Física Móvel | Guia de Indaia
GUIA COMERCIAL

Casarão Pau Preto

Após finalizar a restauração das paredes de taipa e a fundação do Casarão Pau Preto, as obras de restauro avançam em direção a Tulha. Feita entre o final do século XIX e começo do XX para beneficiamento de café, segundo o superintendente da Fundação Pró-Memória, Carlos Gustavo Nóbrega de Jesus, a Tulha já é outro exemplo de técnica construtiva presente no complexo histórico do Casarão. "A Alvenaria Inglesa como é conhecida esse tipo de edificação, acompanhou as tecnologias trazidas pela ferrovia, com alvenaria de tijolos aparentes de barro maciços e queimados, assentados por argamassa", completa. De acordo com Gustavo, a exemplo de que foi feito com a fundação e as reconstruções da Taipa essa fase da obra será custeada pela Prefeitura Municipal, que irá fornecer os materiais, e a Fundação Pró-Memória que ficará responsável por custear mão de obra especializada para o restauro. Ainda segundo o superintendente da Fundação Pró Memória, além de restaurar as partes afetadas pelo vazamento a obra vai adaptar o espaço para o funcionamento adequado para um anfiteatro, com porta anti-pânico, palco em uma altura correta e acessibilidade. "Fora isso vamos buscar resgatar parte da originalidade da Tulha que ao longo do tempo foi sendo descaracterizada, ao ponto de ter vitrôs, que agora serão substituídos por janelas de madeira", finaliza.

Notícias Recentes

Passagem de ônibus

Passagem de ônibus

Tarifa de ônibus tem primeiro reajuste depois de ficar três anos congelada

Esporte

Esporte

Prefeitura oferece aulas de capoeira gratuita no Casarão Pau Preto

Cultura

Cultura

Secretaria de Cultura do Estado e Pró-Memória promovem oficina gratuita de dramaturgia

RMC

RMC

Indaiatuba é a segunda cidade da RMC com maior saldo de emprego em 2018

Controle da Dengue

Controle da Dengue

Programa de Controle da Dengue monitora infestação do Aedes Aegypti com armadilhas Ovitrampas

Educação

Educação

Sete unidades escolares passam por reforma para o início do ano letivo