Carnês de IPTU em atraso devem ser pagos até dia 29 para não ir à dívida ativa | Guia de Indaia
GUIA COMERCIAL

IPTU

A Prefeitura de Indaiatuba, por meio da Secretaria da Fazenda, informa que os contribuintes que estão com o IPTU em atraso devem pagar o débito com os acréscimos legais, até segunda-feira (29) para não ser inscrito em Dívida Ativa. Após essa data o valor não pode ser pago com o carnê é preciso se direcionar a Secretaria da Fazenda a partir de 5 de janeiro. O IPTU em atraso deve ser pago nas casas lotéricas ou Agencia da Caixa Econômica Federal. De acordo com a Secretaria da Fazenda até novembro a taxa de inadimplência é de 12,34% o que corresponde a R$ 10.420.751,11. O IPTU de 2015 terá o reajuste de acordo com a Ufesp (Unidade Fiscal do Estado de São Paulo) estabelecida pelo Governo Estadual em R$ 21,25 tendo uma variação de 5,51%. O IPTU Digital será entregue na primeira quinzena de janeiro; serão 2.500 carnês. O IPTU impresso será entregue entre a primeira e segunda quinzena de janeiro; serão 106.982 carnes sendo 26.914 de terrenos e 80.068 prediais. A Prefeitura manterá o desconto de 5% para pagamento à vista em cota única. As parcelas vencem entre os dias 15 e 25 de cada mês a partir de fevereiro com valor mínimo de R$ 63,75. Quem não receber o carnê de IPTU até 31 de janeiro deve procurar a Secretaria da Fazenda no paço Municipal ou emitir a segunda via no site www.indaiatuba.sp.gov.br.

Notícias Recentes

Programas Habitacionais

Programas Habitacionais

Prefeito participa de reunião com famílias selecionadas para programas habitacionais

Sarau Artístico

Sarau Artístico

Secretaria de Cultura promove Sarau Artístico

Complexo Esportivo

Complexo Esportivo

Prefeitura inaugura Complexo Esportivo do Jardim Morada do Sol

Curso de Libras

Curso de Libras

Prefeitura abre 200 vagas para Curso de Libras

Vias Públicas

Vias Públicas

Secretaria de Obras e Vias Públicas instala semáforo de pedestres na rua João Martini

Obras e Vias Públicas

Obras e Vias Públicas

Prefeitura conclui obra de recapeamento das ruas Walter Ruesch e Dr. Adib Pedro