GUIA COMERCIAL

Animal

O prefeito Reinaldo Nogueira (PMDB) reuniu a imprensa na manhã de quarta-feira (21) para apresentar as novas instalações do Centro de Reabilitação Animal e Zoonoses depois da obra de ampliação do prédio. O objetivo da obra foi melhorar os serviços e ampliar o atendimento que é realizado no local. Durante a apresentação o prefeito e o secretário de Urbanismo, José Carlos Selone, anunciaram que também serão construídos mais dois gatis no local e uma área de recreação e de sol para filhotes. Com a ampliação, o Centro de Reabilitação ganhou duas salas cirúrgicas para castração de cães e gatos, uma nova sala para pós-operatório e uma sala para esterilização de equipamentos. A parte do canil também foi reformada e o prédio todo passou por uma manutenção geral. Durante a apresentação à imprensa, Reinaldo Nogueira avisou que desde a inauguração, em abril de 2009, as melhorias nas instalações do Centro de Reabilitação não pararam. "Fizemos várias reformas, sempre com o objetivo de melhorar os serviços. Nosso trabalho vem sendo feito em parceria com o Conselho e as entidades protetoras de animais e essa união tem dado um bom resultado. Não temos que medir forças, temos que somar forças para conseguirmos nossos objetivos", ressalta. Além das cirurgias de castração que são oferecidas gratuitamente pelo município, o prefeito lembrou que desde fevereiro do ano passado o Centro começou a implantação de um chip de identificação em todos os animais atendidos. "Agora estamos estudando a possibilidade de também ampliarmos a chipagem para animais particulares, mediante a cobrança de uma taxa. Esse dinheiro seria revertido a um Fundo que seria administrado pelo Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais", comentou Reinaldo Nogueira. O secretário de Urbanismo, José Carlos Selone, reforçou que essas melhorias do serviço resultaram do diálogo aberto pelo município com as entidades protetoras de animais. "Nos aproximamos desses grupos, ampliamos o relacionamento da administração pública com as entidades protetoras e, juntos, estamos buscando cada vez mais melhorias sempre tendo o bem estar do animal como foco", resume Selone. Para o presidente da Câmara Municipal, Luiz Alberto Pereira, o Cebolinha (PMDB), que esteve presente no evento, a ajuda das entidades e mesmo dos protetores de animais individuais é sempre benvinda para o município. "Parabenizo o prefeito Reinaldo Nogueira e o Selone por mais essa obra. Indaiatuba não é uma cidade que tem uma arrecadação diferenciada. Nosso orçamento é de uma cidade média, mas o que diferencia nossa cidade das demais do mesmo porte é a maneira como a Administração utiliza esse orçamento", elogia. O presidente do Conselho de Proteção e Defesa dos Animais, Carlos Roberto Beggo, também participou da apresentação das novas instalações do Centro de Reabilitação e ressaltou que nunca o trabalho de proteção aos animais teve tanto apoio da administração pública. Entre as autoridades presentes estavam os vereadores Antonio Sposito Jr. e Massao Kanesaki. DOBRO As novas salas cirúrgicas possibilitaram dobrar o número de cirurgias de castração que são realizadas no local. Antes da ampliação eram realizadas diariamente 15 cirurgias e apenas um veterinário trabalhava no local. Hoje são realizadas 30 castrações por dia, com dois veterinários. A reforma e ampliação durou cerca de quatro meses e foi concluída no final de outubro de 2014. A obra foi executada por equipes da Secretaria de Obras e Vias Públicas e da própria Secretaria de Urbanismo e do Meio Ambiente, que é responsável pela administração do Centro. O Centro de Reabilitação Animal e Zoonoses foi inaugurado em abril de 2009 em um prédio localizado na rua Safira, 120, no Distrito Industrial. O serviço mantido pelo Urbanismo tem a proposta de recolher animais machucados que apresentam risco à população, filhotes abandonados e cadelas que estejam esperando filhotes, prestar os cuidados necessários e encaminhar os animais para novos lares. Poucos meses depois de inaugurado, também em 2009, o Centro iniciou o programa de castrações gratuitas de cães e gatos em parceria com as associações de proteção a animais, sendo que três delas permanecem até hoje: a Associação Protetora dos Animais de Indaiatuba (Aprai), União Protetora dos Animais de Rua de Indaiatuba (Upar) e Grupo de Amigos em Prol dos Animais (Gapa). Os procedimentos são realizados por veterinários e para ter acesso ao serviço as famílias passam por uma triagem e não podem ter renda superior a dois salários mínimos. Além do agendamento da cirurgia no local, as entidades também fazem o cadastro de famílias interessadas e encaminham à Secretaria para o agendamento das castrações. Cada semana uma entidade é responsável por selecionar os animais que são encaminhados para a cirurgia. Em 2014 foram realizadas 2.380 castrações, sendo 758 gatas, 539 gatos, 774 cadelas e 309 cães. Há dois anos o Centro de Reabilitação Animal e Zoonoses já havia passado por uma ampliação. Na ocasião foram construídas baias para animais em quarentena, novas baias para recreação e antiestresse, e construção de um espaço para recreação e banho de sol voltado aos filhotes.

Notícias Recentes

Passe Bolsa

Passe Bolsa

Formulário do Passe Bolsa já pode ser retirado na Prefeitura

Oficinas Culturais

Oficinas Culturais

Inscrições para as Oficinas Culturais gratuitas acontecem no dia 28 de janeiro

Cultura

Cultura

Cultura abre inscrições para os artistas locais participarem do 26º Maio Musical

Cras

Cras

Cras do Oliveira Camargo realiza programação de férias para as crianças

Crasjovem

Crasjovem

Prefeitura abre inscrições para adolescentes de 15 a 17 anos participarem do Crasjovem

Saúde

Saúde

Projeto 100% saúde ganhará o quarto polo de atividades em fevereiro de 2018