Procon Indaiatuba recomenda atenção na volta às aulas | Guia de Indaia
GUIA COMERCIAL

Procon

O Procon Indaiatuba, vinculado à Secretaria Municipal de Negócios Jurídicos, recomenda aos pais alguns cuidados com a contratação de serviços e a aquisição de materiais escolares na volta às aulas. São medidas simples que podem assegurar o respeito aos direitos do consumidor e ajudam a evitar problemas futuros. Confira as dicas: - A atenção deve começar na assinatura dos contratos com os estabelecimentos privados de ensino. O documento deve ser claro, objetivo e não deve conter letras miúdas no rodapé que impeçam a leitura. As obrigações devem ser bilaterais, ou seja, válidas igualmente para ambas as partes. A escola pode cobrar taxas de pré-matrícula, reserva de matrícula ou matrícula, mas em caso de conflito a melhor solução é sempre tentar um acordo amigável, com a devida documentação do que for combinado. Se o contrato for assinado fora do estabelecimento ou pela internet, em caso de problemas é possível cancelá-lo em até sete dias úteis da data da assinatura. É importante saber que a escola também tem direitos e em caso de distrato, nenhuma das parte pode ser prejudicada. - Ao selecionar a escola, é importante verificar se há espaço suficiente para o número de alunos, as condições das instalações, se os professores são devidamente habilitados para a função, se o estabelecimento possui alvará de funcionamento e está regulamentado nos órgãos educacionais, além de buscar referências com outros pais de alunos que já estudam no local. O uso de uniforme pode ser exigido, mas as regras devem estar claras e inclusas no contrato assinado, bem como a disponibilidade de aquisição das peças. - As escolas não podem exigir dos pais a compra de materiais de uso coletivo, materiais de limpeza e higiene ou mesmo cobrar taxas para cobrir despesas de água, luz e telefone. Também é vedada a determinação de marcas específicas para os materiais de uso individual do aluno. Antes de ir às compras, é recomendável checar que produtos os pais já possuem em casa e podem ser reaproveitados, inclusive aqueles usados pelos irmãos. Nos pontos de venda os preços devem estar afixados nos produtos e nas gôndolas, com fácil visualização. É preciso cuidado para não se deixar influenciar por propaganda e ações de marketing. O produto mais divulgado pode não ser necessariamente o melhor ou mais adequado. A pesquisa de preço já se tornou procedimento obrigatório para quem quer economizar e não ser lesado, já que a variação nestes itens costuma ser grande entre os diferentes estabelecimentos e regiões da cidade. - Ao contratar serviços de transporte, é fundamental se assegurar de que o motorista e o veículo estão devidamente licenciados na Prefeitura Municipal, saber como o motorista recepciona as crianças na porta da escola, se haverá acompanhante durante o transporte, checar as condições de segurança e conforto do veículo. O contrato deve conter as informações referentes a contatos, período de vigência, endereço e horário de chegada e saída do aluno, valor da mensalidade e forma de pagamento, condições de cobrança e execução do serviço em período de férias ou fora do período letivo normal (como aulas de recuperação, por exemplo), índice de reajuste, multa e encargos em caso de atraso no pagamento e condições de uma possível rescisão antecipada. Em caso de dúvidas, o consumidor pode se informar no Procon Indaiatuba, de segunda a sexta das 8h às 17h, pessoalmente na avenida Francisco de Paula Leite, 2.263, no Jardim Kyoto, ou por telefone no (19) 3834-7601.

Notícias Recentes

Saúde

Saúde

Ministério da Saúde lança serviço de combate à Fake News

Caminho da Luz

Caminho da Luz

Prefeitura inicia urbanização de área de lazer localizada no Caminho da Luz

Treinamento

Treinamento

Treinamento de Atendimento Pré-Hospitalar para Central de Ambulâncias é concluído

Coletivo Urbano

Coletivo Urbano

Linha 328 começa a operar nos finais de semana e feriados a partir do dia 1º de setembro

Esportes

Esportes

Prefeitura inicia construção de Half Pipe na Pista de Skate do Parque Ecológico

Legião da Boa Vontade

Legião da Boa Vontade

LBV entrega cestas de alimentos a milhares de famílias que sofrem com a seca no país