GUIA COMERCIAL

Saúde

Uma ação realizada no último domingo (12) Jardim Carlos Aldrovandi teve como objetivo a retirada de possíveis criadouros da dengue. O mutirão foi organizado por moradores e com o apoio do PSF (Programa Saúde da Família). A ação aconteceu das 9h às 14h e percorreu o bairro retirando um caminhão cheio de entulho e materiais que poderiam ser focos de dengue. O trabalho contou com três moradores e sete Agentes Comunitários de Saúde e três profissionais dos serviços urbanos. Segundo a agente comunitária de Saúde do PSF, Maria Roseli de Lima Porfirio, o trabalho foi organizado pelos moradores que solicitaram o apoio do PSF devidos aos casos de dengue confirmados em moradores do bairro. "Apesar do bairro ser atendido pelo serviço de coleta domiciliar de lixo e também pela operação Cata Bagulho, há pessoas que insistem em jogar lixo no terreno alheio. Apesar da baixa adesão dos moradores, nós detectamos calhas entupidas, caixas de águas cobertas com telhas, bocas de lobo com entupidas. Fizemos o relatório e passamos para a coordenação para as medidas necessárias". O agente de saúde e assessor do Programa de Controle de Dengue da Secretaria de Saúde, Ulisses Bernardinetti destacou a Secretaria aprova atitudes como a dos moradores do Aldrovandi. "Cada morador que tenha um quintal, faça uma varredura uma vez por semana em busca de criadouros. Olhem bebedouros de animais, calhas, objetos que possam acumular água. Todos somos responsáveis e lembrando que o mosquito transmissor da dengue é bem democrático e não perdoa ninguém". Ulisses explicou as equipes do Programa estão trabalhando em vários pontos da cidade. "As equipes trabalharam o Jardim Pau Preto e na terça (14) e na quarta (15) trabalharemos a Vila Maria Helena e depois o Jardim Califórnia. Estamos estudando outras áreas, mas encontramos larvas em todas em praticamente todos os bairros. Encontramos larvas em piscinas, pratos de vasos, tambores, depósitos de água e outros removíveis". O Jardim Carlos Aldrovandi está localizado na região norte de tem seis casos confirmados e um importado residente. Indaiatuba tem 859 casos aguardando resultado, 140 casos autóctones, 14 importados residentes e 1 inconclusivo, totalizando 155 casos.

Notícias Recentes

Passe Bolsa

Passe Bolsa

Formulário do Passe Bolsa já pode ser retirado na Prefeitura

Oficinas Culturais

Oficinas Culturais

Inscrições para as Oficinas Culturais gratuitas acontecem no dia 28 de janeiro

Cultura

Cultura

Cultura abre inscrições para os artistas locais participarem do 26º Maio Musical

Cras

Cras

Cras do Oliveira Camargo realiza programação de férias para as crianças

Crasjovem

Crasjovem

Prefeitura abre inscrições para adolescentes de 15 a 17 anos participarem do Crasjovem

Saúde

Saúde

Projeto 100% saúde ganhará o quarto polo de atividades em fevereiro de 2018