Prefeito assina contrato com Estância Tordilha para prática de equoterapia | Guia de Indaia
GUIA COMERCIAL

Equoterapia

O prefeito de Indaiatuba, Reinaldo Nogueira (PMDB), assinou na manhã de segunda-feira (29) o contrato com a Associação Estância Tordilha para o atendimento gratuito de crianças com necessidades especiais e carentes na prática de Equoterapia. Esteve presente no gabinete do prefeito o presidente da Associação, Guilherme Pereira Osorio; a administradora da Associação, Thais Perez e o secretário de Desenvolvimento, Renato Stochi. A Estância Tordilha foi inaugurada em março deste ano e desde então o atendimento às crianças com necessidades especiais e carentes é realizado no local. O contrato é vigente por 5 anos e cada praticante usufrui por 1 ano. Inicialmente o trabalho é desenvolvido com 10 crianças, mas a previsão é chegar em 50 usuários. O custeio de todas as crianças é apadrinhado. As pessoas interessadas em praticar a terapia com cavalos devem procurar a coordenadora do projeto na Prefeitura, Soledad Cristina Orives, na Secretaria de Desenvolvimento e iniciar o processo de cadastro. A triagem é feita em parceria com a Secretaria da Família e do Bem Estar Social e Saúde; a Secretaria de Educação também é parceira no transporte das crianças. O candidato passa por avaliação socioeconômica e médica, afirmando estar apto para Equoterapia. Para quem deseja mais informações para participar do projeto ou apadrinhar uma das crianças, ligue para (19) 3834-9271 ou mande um e-mail para desenvolvimento02@indaiatuba.sp.gov.br. Equoterapia A Equoterapia é um método terapêutico e educacional que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem interdisciplinar, nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas portadoras de necessidades especiais. O projeto da Estância Tordilha e Prefeitura de Indaiatuba visa promover e desenvolver a reabilitação das pessoas com necessidades especiais, buscando o aumento da capacidade e potencialidade física, psíquica, educativa e social. Tendo em vista a versatilidade e docilidade do cavalo que é utilizada como recurso terapêutico e como um instrumento de trabalho com movimentos rítmicos precisos e tridimensionais. Em um ambiente facilitador, a equipe mobiliza o praticante a desenvolver as capacidades adaptativas das funções orgânicas e de interação social, através de informações sensoriais. O cavalo é preparado antecipadamente pelo equitador, com os devidos materiais (manta ou sela, com ou sem estribo) dependendo do quadro clínico apresentado e assim definido pelas terapeutas.

Notícias Recentes

Festival de Arte e Dança

Festival de Arte e Dança

Público lota o Festival de Arte e Dança da Secretaria de Educação

Festival de MPB

Festival de MPB

Guto Hueb é o vencedor do Festival de MPB promovido pela Secretaria de Cultura

Federados Moto Clube

Federados Moto Clube

Federados Moto Clube realiza doação de 1500 peças de roupas e agasalhos para campanha do Funsso

Orquestra Sinfônica

Orquestra Sinfônica

Público prestigia as duas sessões de apresentação da Orquestra Sinfônica de Indaiatuba

Cyber Security

Cyber Security

Fiec realiza o primeiro curso extracurricular de formação em Cyber Security

Sistema Deiss Web

Sistema Deiss Web

Prefeitura realiza palestra sobre alterações do Sistema Deiss Web