Secretaria da Saúde de Indaiatuba promove Dia D da Gestante | Guia de Indaia
GUIA COMERCIAL

Dia D da Gestante

A Secretaria de Saúde promove no dia 4 de julho o Dia D da Gestante. O objetivo é proporcionar as gestantes do município, tanto de convênio quanto do SUS (Sistema Único de Saúde) orientações e acompanhamento necessários. O atendimento ocorrerá, das 8h às 12h, nas seguintes UBS (Unidades Básicas de Saúde): Parque Corolla, Jd. Morada do Sol, Jd. Brasil, Jd. Califórnia, Jd. Carlos Aldrovandi e Centro. Na ação serão realizados diversos atendimentos, entre eles a verificação de exames já realizados e vacinas aplicadas, ações de prevenção, acompanhamento e encaminhamento diante das necessidades para consultas e ações educativas. "Falaremos sobre tipos de parto, mudanças no corpo, amamentação, sinais de parto, entre outros assuntos de interesse da futura mamãe", revela a coordenadora do Núcleo de Assitência à Saúde, Maria de Fátima Xavier Simoni Maia. O secretário da Saúde, José Roberto Stefani lembra dos serviços oferecidos às mulheres pelo município na rede de saúde. "Temos um trabalho intenso desenvolvido na rede municipal de saúde desde a atenção básica até a saúde especializada", relata o secretário. "Todas as unidades têm ginecologista e por determinação do prefeito Reinaldo Nogueira temos um novo espaço totalmente equipado e dedicado ao atendimento especializado para a mulher, que fica no Jd Morada do Sol", completa. A rede municipal de saúde tem atualmente cerca de 300 gestantes. Elas recebem todo o atendimento desde o teste rápido de gravidez até o parto, passando pelo pré-natal completo com exames necessários. As mulheres que tiveram o atraso da menstruação entre 10 a 15 dias podem procurar a unidade mais próxima da sua residência. Será feito um teste rápido e em caso positivo terá início o pré-natal. Os profissionais da unidade providenciarão exame de sangue para verificar se a gestante tem Sifilis ou HIV. "É o primeiro procedimento que fazemos ao constatar a gravidez, pois em caso de diagnóstico precoce dessas doenças, que são altamente transmissíveis aos bebês, é possível fazer o tratamento e evitar que a crianças desenvolva as doenças", comenta Fátima. Posteriormente são feitas as consultas periódicas e os exames de ultrassom trimestrais, conforme determina o Ministério de Saúde. "É de extrema importância a realização do pré-natal e nós temos todo esse acolhimento em nossa rede de saúde", finaliza Fátima. "Ao longo do pré-natal também fazemos as orientações sobre tipos de parto, mudanças no corpo, amamentação, sinais de parto", informa. Fátima explicou que as mulheres ao decidirem engravidar, não fazem ideia das mudanças e o que precisa ser feito. "Daremos dicas de alguns passos que devem ser seguidos para que tudo fique mais fácil e menos confuso na hora do parto. As equipes estarão prontas para responder qualquer dúvida da gestante".

Notícias Recentes

Passagem de ônibus

Passagem de ônibus

Tarifa de ônibus tem primeiro reajuste depois de ficar três anos congelada

Esporte

Esporte

Prefeitura oferece aulas de capoeira gratuita no Casarão Pau Preto

Cultura

Cultura

Secretaria de Cultura do Estado e Pró-Memória promovem oficina gratuita de dramaturgia

RMC

RMC

Indaiatuba é a segunda cidade da RMC com maior saldo de emprego em 2018

Controle da Dengue

Controle da Dengue

Programa de Controle da Dengue monitora infestação do Aedes Aegypti com armadilhas Ovitrampas

Educação

Educação

Sete unidades escolares passam por reforma para o início do ano letivo